terça-feira, 8 de setembro de 2009

Voluntários do Carvão



Foi-nos dito pelos inscritos que um dos grandes diferenciais desta prova foram os voluntários. Acredito que o engajamento deles no evento deu-se em razão de todos, atualmente, serem cicloturistas. Durante o briefing, relataram da coceirinha que lhes acometia, queriam pegar uma bike e seguir junto dos cinquenta e cinco corajosos. É a identificação. Quando a tribo está reunida é preciso estar junto. É muito fácil simpatizar com seus iguais. Turma de Urussanga: Maico, cicloturista audaxioso, amador convicto, pois não tem mais idade para ser World Champion de nada; Maurício “Promessa” Viel (estava sempre comigo no Clio branco), 14 anos, promessa urussanguense no ciclismo, está sempre em todas! (aquelas que seus pais deixam...); Fernando “Toxiro” (aquele do cabelo pintado de branco...), figuraça dos PCs 2 e 5, apaixonado pela bicicleta e suas vertentes; Elvis “Carvalho” (o mais cabeludo, que dirigia a Saveiro prata com Metálica no último volume), também dos PCs 2 e 5, estudante de Educação Física, louco por esportes e ocupando a bicicleta um lugar especial em seu coração. Turma de Criciúma: rapazes do PC 4, o temido, Moacir e Everton, ex-ciclistas profissionais, funcionários da loja Bike Point de Criciúma, vivem a bicicleta desde a adolescência; nos PCs1 e 3, Evandro “Bosa”, mecânico número 1 da Bike Point de Criciúma, vive, respira e se suja com óleos e graxas das bicicletas, costuma dar nó em pingo d’água, quadros tortos, aros de alumínio zincado, câmbios indolentes, etc, etc, etc.; por fim, também nos PCs 1, 3, além da premiação na Chegada, Augusto “Maninho” Canabarro “Patrãozinho” de “Business” Freitas, é a personificação da bicicleta na região sul de Santa Catarina, para desespero de sua família, sempre tem um passeio bem organizado agendado (www.bikepointadventure.com.br), coloca até o mais “vadio” pra pedalar, e para os clientes: sempre tem uma Scott na promoção! Lembrando que as mulheres do Bosa e do Maninho também ajudaram nos PCs 1 e 3, lembram de duas “bicudas” por lá?! (vou apanhar por causa disso...)



Abraço a todos!!

3 comentários:

Maguido disse...

Queria deixar aqui meus agradecimentos a todos os organizadores e voluntarios!! Pessoal sangue bom!
Valeu pessoal fiquei muito feliz de terminar a prova e ir pra casa com a sensacao do dever cumprido.
A conquista pra mim foi grande.
Fazer novas amizades a recompensa.
Fiquei abalado com o acidente do amigo e companheiro de randonnee o Binho, depois tranquilo ao saber que estava em boas maos e em casa...melhoras ai Binho.

jaguara-gringo disse...

Oi galera: vocês foram moito legais e atenciosos. Eu senti-me acompanhado e com segurança, pessoalmente posso dizer que curti o tempo tudo. Fico esperando as fotos. O abraço do um gringo muito agradecido. Jorge Luis Rovetto

Luciano disse...

Já havia deixado meu comentário mas, por algum motivo, parece que fiz besteira e ele acabou não sendo publicado. Como toda a organização do 300 do Carvão foi muito gente boa e camarada, vale a pena reescrevê-lo!

O pessoal da organização da prova foi muito gente boa! Sempre ajudando com muita simpatia e amizade! Com certeza uma das organizações mais bacanas entre as todas as provas que participei até hoje! Parabéns pessoal!