segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Release do 300 do Carvão para os jornais da região



Sábado, 5 de setembro, 23h, lua cheia, não chovia e não ventava. Apreensivos e cheios de adrenalina, cinqüenta e cinco ciclistas de dois países e três estados brasileiros largavam da UNESC para o desafio ciclístico de suas vidas: 300 quilômetros do Carvão. Até as 18h22m do dia 06 de setembro, domingo, momento em que os três últimos guerreiros alcançavam novamente a UNESC, numa batalha em que quinze ficaram pelo caminho, sucumbidos pela exaustão, sono, câimbras, fadiga de equipamentos e tombos.



Nem todo o suor; nem toda a dor; nem toda a força; nem todo o ranger de dentes; puderam suplantar a alegria e emoção presentes no semblante dos quarenta que brevetaram o desafio nas vinte “duras” horas de tempo limite. Das quatro mulheres inscritas; das três que tiveram coragem de largar; duas completaram o desafio. Este Audax de 300 KM, dito por muitos brevetados como o mais difícil do Brasil, é prova inequívoca de uma máxima: “Audax não se ganha; se conquista!”.



Promovido por Augusto Canabarro de Freitas, Maico Bez Birolo e Rogério Giron Claumann, o primeiro Audax 300K da história de Santa Catarina teve como apoiadores a bicicletaria Bike Point, de Criciúma; a rede de Supermercados São Pedro, de Urussanga; e a Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC, de Criciúma.

3 comentários:

Ricardo Augusto disse...

E ai gente beleza! Quero agradecer aos amigos Augusto, Maico e Rogerio pela organização deste INESQUECIVEL E DURO AUDAX. Para mim, foi o maior desafio que encarei em cima da bike.Lendo o release postado creio que não só eu mas todos que completaram este Breve sentirão alguma emoção. Agradeço a meus amigos MARCOS E FABIO, que em alguns momentos foram essenciais para dar aquela ingeção de ânimo que voce precisa quando fica meio abatido durante um AUDAX, grandes parceiros!
Por fim quero deixar meus cumprimentos a todos os que completaram mais este breve, PARABENS COMBATENTES!

Pézão disse...

Blz pessoal,
Realmente foi desafiador esse Audax, a subida da Serra foi algo inesquecível, com todos aqueles quilometros no lombo e ainda encarar uma subida digna de etapa de montanha de Tour de France foi show.
Parabéns a todos que completaram e que tentaram completar e não conseguiram, somos todos vitoriosos por fazer parte de uma minoria apaixonada pelo ciclismo.
Valeu Ricardo e Marquinhos... teremos histórias pra contar quando formos velhos.

Abração

Kbca é... disse...

Infelizmente para mim, não foi desta vez! Sendo meu segundo Audax,acredito que me sai bem, alcançando 180km vencidos.
Queria deixar registrado meus parabéns aos organizadores. O evento foi maravilhoso, pena não ter ido até o fim, para ver a festa da chegada!
Como o próprio comentário no post: "Audax não se ganha, se conquista!"
E minha conquista, do Audax do Carvão 300km, já está planejada. Ano que vem! Estarei novamente em Criciúma!
Abraço a todos, que participaram, organizaram, deram apoio aos participantes!
Eduardo D. Vieira, 15!