terça-feira, 28 de setembro de 2010

Agradecimentos

Primeiramente aos nossos patrocinadores: os inscritos. Eles quem financiaram a prova, muito obrigado. Tivemos o Supermercado São Pedro que nos apoiou, doando água mineral, bananas e melancias para a prova. Tivemos ainda o Hotel Ibis que gentilmente nos cedeu o espaço para a realização do briefing. Por fim, o Criciúma Shopping que nos cedeu o espaço para estacionamento (afinal, R$3,00 por 24h de estacionamento seguro, é praticamente dado) e local de largada e chegada com visibilidade e segurança. Não que quiséssemos "aparecer", mas como não tínhamos dinheiro para divulgar a prova, no mínimo curiosidade despertaria nas inúmeras pessoas que viram a todos, aquele bando de marmanjo abatido e aliviado chegando no Criciúma Shopping durante toda a tarde de domingo, provocando comichões em diversos pais de família que estão se amarrando para comprar uma bicicleta e se juntarem a nós nesse maravilhoso "mundo de Marlboro!". Falando em alívio, o semblante do Marinho na foto diz tudo.
Não posso esquecer dos voluntários. No PC1, aquele cara de chapéu e bigode, acompanhado de sua mulher, na verdade é o Cláris Damiani, pai do Urussanguense Cirããão, n°29 na prova, que não pode largar por compromissos profissionais. No PC2, estavam meu pai e meu parceiro de aventuras, o Super Randonneur Rogério "Zezo" Giron "Velhão" Claumann "Alzheimer". No PC4 estava o "amigo bundão" Café. Colou uns 4 "band-aids" na cara uma semana antes do brevet, depois alegou ter feito uma cirurgia e contou uma história triste, acabando como voluntário na prova.
Temos que tirar o chapéu também para os donos dos estabelecimentos comerciais pelos quais a prova passou. A começar pelo PC3, em que não tivemos voluntários e o Varlei "Salum" Mariot, proprietário do Rio do Rastro Lanches, segurou as pontas, junto do seu filho William. "-E aquela melancia?! Que coisa de outro mundo?!"
Tivemos também o PC1, na lanchonete do "seu Edo". Esse, acostumado a ser PC em provas de enduro de moto e jipe, ficou impressionado com a educação e serenidade dos participantes. Também ouvi inúmeros comentários positivos dos participantes acerca da "simpatia" de sua garçonete, apelidada de "loira misteriosa".
E o PC da sopa?! "-Bahhh!! Mas tava boa aquela sopinha!!" Só de lembrar já vem uma água na boca... a Claudiane e o Wilmar foram sempre muito atenciosos com todos. Por fim, temos o PC4 no Posto do Xandão, tradicional "Pit Stop" da galera da bike da região, mostrou o seu tradicional tratamento diferenciado para os ciclistas.

Abraço a todos!

Obs.1: a quem interessar (hehehe) aqui vai o primeiro link de fotografias da prova. Essas são as fotos de minha máquina, batidas até a bateria acabar;
Obs.2: a quem possa encontrar-se inspirado, após toda a provação passada, querendo romper o silêncio e nos enviar um relato, tal qual o Glaucio o fez no 200 passado, não se acanhe, mande-nos um e-mail para audaxcriciuma@audax.org.br.

Um comentário:

Guilherme Holdefer - "Pacato" disse...

Mais fotos:

http://picasaweb.google.com.br/udo.map/AudaxDoCarvao