segunda-feira, 21 de março de 2011

The End

Esta será a última postagem deste blog. O final sempre traz algum balanço, alguma relexão. A ideia de co-organizar o Audax Criciúma, surgiu após a participação na série 2009 de Brevets de Santa Cruz do Sul/RS. À época acreditava ter descoberto a "ciência" do ritmo de pedalada, momento em que pertimimos que nossa mente relaxe. Quando a mente divaga, você está em ação e pode esquecer as dores, sendo levado por uma espécie de sonho. À mesma época, no meio do Randonnée Farrapos 1000 entendi que se todos entendem o medo, ninguém perdoa a covardia. Pois sabemos que todo o homem sente medo cedo ou tarde. Não há vergonha em ter medo. Alguns superam o temor, outros não, mas a verdadeira decisão que nos obriga a agir diante do medo é provavelmente tomada em uma fração de um único instante e, para o resto de nossas vidas, teremos de conviver com esse momento em que optamos por fazer uma besteira. Enfim, desisti daquela prova por pura covardia.

Dia 17/04/2011 haverá brevet 200 do Audax Criciúma, agora sob organização exclusiva do meu camarada Augusto Freitas, popular Maninho, Patrãozinho. Segue o link da prova:



Não pretendo desativar este blog pois acredito que o futuro a Deus pertence e em seus arquivos há muita coisa interessante, que pode ser aproveitada por novatos e/ou despertar boas recordações em veteranos. Enquanto estive na co-organização do Audax Criciúma, inventei o apelido de "Audax do Carvão", pois o que queria era que a coisa ficasse preta para os participantes. Não dedicaria meu tempo livre para entregar um brevet de "lambuja". Tampouco estava interessado no dinheiro que um percurso mais fácil pudesse trazer, em razão dos "bundões", que também participariam. Quem quisesse a medalha tinha que fazer por merecer. Não há ninguém que tenha brevetado aqui por quem eu não tenha a mais alta consideração. Momentos difíceis representam terreno fértil para boas amizades. Sem esquecer da superação, persistência, tenacidade e disciplina mental nas dificuldades, ao final o que importa é a amizade, por isso encerro com esta reflexão:

Não há nada que promova mais rapidamente a amizade do que uma cota partilhada de sofrimento.

Abraço a todos!

7 comentários:

Kieling disse...

Opa! A tua última frase do blog espelha um pouco como surgiu e se mantém a amizade entre o pessoal de Urussanga e nós aqui de Lajeado.

Para quem não sabe e vai passar por aqui, vale lembrar que em 2007 eles pedalaram o seu primeiro Audax aqui em Lajeado e faltando menos de 40km para o término da prova o Maico teve um problema sério com a sua bicicleta! Depois de algumas mentiras aplicadas por mim sobre a distância até o próximo PC, ele conseguiu chegar lá, arrumar a magrela e completar a prova!!

Desde esse episódio sempre mativemos um relacionamento fraternal que teve outros episódios e que certamente não se encerrarão com o fim do Audax do Carvão e do Audax do Vale, pois acredito que esse fim é apenas um até logo.

Um grande abraço para todos vocês e que mantenham essa alegria que sempre caracterizou a passagem de vocês pela nossa prova.

Carlos F Kieling

udo.map disse...

Buennnas!
NUNCA DIGA NUNCA!!! Diga que o "Audax do Carvão" se realizará a cada 5 ou 10 anos, assim nunca haverá um último post. Quanto a mim, já que não houve brevet em Ijuí e Lajeado/RS, nem haverá em Caxias do Sul/RS e o "Audax do Carvão" aproveito para tirar uma folga: Só vou fazer provas de 400 e 600km em 2011. E ultrapassar minha marca de 200 municípios pedalados no RS. ABRAÇO, vida longa ao CARVÃO!!!

glaucio disse...

Só restam as sofridas e boas lembranças. Concordo contigo, não é só quantidade o que importa, tem que ter dificuldade, pra valorizar mais ainda a façanha. 300 nas serras foi bom demais. Não esquecerei tão cedo! Valeu grande Maico !

Luiz M. Faccin disse...

Tu ainda deves tentar pedalar um brevet 1000, nem que eu tenha que te dar mais um tombo na beira do asfalto. Então vai ficar com saudade dos brevets "spartanos".
Abraços a boas pedaladas.

FABÃO disse...

Puxasaquismos a parte: Maico é "O KRA"!

Blog Serra Mar disse...

Tinhamos somente dois "loucos" e corajosos para organizar esse breves spartanos, você Maico e o Faccin, agora só ficara o Faccin. Mas tenho certeza que não vais abandonar de completo essa "doideiras". Sei que é um apaixonado por uns "morrebas" como a Serra do Rio do Rastro.

Valeu e parabéns.

A proposito o brevet de 200 voltou para o plano?

Edson Berreta

Maico Birolo disse...

Rapazes, vocês todos moram em meu coração. Foi bem como o Kieling disse: um até logo. Agora já estou de volta com uma nova ideia, todo motivado (Kieling, ainda não tenho filhos...hehehe). Pretendo fazer acontecer e ver no que dá. Faccin, só posso dizer que o Fodax será espartano ao extremo.
A todos, obrigado pelas palavras de carinho.
Abração!!